Bons Estudos!

Bons Estudos!

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

6ª ano 5ª série do INSP 2014 - Atividades de revisão prova Grécia



11)    Com as suas palavras explique:

Genos – Concentração de pessoas da mesma família, os seus membros produziam alimentos, apenas para a sua subsistência e acreditavam ser descendentes de um mesmo ancestral (homem ou deus).

Pólis – Estrutura administrativa grega independente, que possuía a sua autonomia econômica (moeda), política, administrativa e religiosa.


Eupátridas – Na cidade de Atenas, eles eram os bem nascidos, somente eles ocupavam os cargos públicos.

          Hilotas – Eram servos de guerra e seus descendentes. (Esparta)

         Escravos – Grupo que cresceu no período Clássico e era adquirido no comercio          ou com outros povos de origens diversas.

         Metecos – Eram estrangeiros, isto é homens livres sem direitos políticos.                      (Atenas atraia várias pessoas de vários lugares).

          Acrópole – Era o ponto mais alto da cidade (geralmente uma montanha). A                        Acrópole possuía um papel muito importante na vida das pólis (cidades-estado)                  gregas, ela servia como refúgio para os habitantes das cidades no momento de                    ataques militares dos inimigos, (observação militar) e era local onde construíam                  templos religiosos para adorações.

        Periecos – Eram homens livres, mas sem direito político. (estrangeiros que se                     dedicavam ao comercio e ao artesanato em Esparta).


1   2)  Destaque os 05 períodos históricos da Grécia antiga, e identifique uma importância de cada período.

Pré–Homérico formação Creto-Micênica.

Homérico – Ilíada e Odisseia Oralidade de Homero.

Arcaico – Formação das Pólis.

Clássico – Foi o auge da Grécia, onde Cidades-Estados tiveram um grande desenvolvimento como Esparta e Atenas por exemplo o Comercio e de bastantes conflitos (Guerras Médicas e Peloponeso).

Helenístico – Momento em que os gregos são dominados pelos Macedônios; (Alexandre o Grande irá promover uma fusão ou trocas de aspectos culturais gregos e orientais é conhecida como Helenismo).

2  3) Diferencie as Guerras Médicas da Guerra do Peloponeso.

Resposta – A diferença entre as Guerras Médicas e a Guerra do Peloponeso, é que a primeira foi um conflito entre Gregos X Persas e a razão da disputa das terras da Ásia Menor e o rei dos persas, decretou que todas as colônias gregas naquela região deveriam pagar tributos à Pérsia e a segunda foi um conflito entre gregos (Atenas e Esparta), pelo motivo que as cidades gregas teriam que mandar soldados, navios ou dinheiro, favorecendo ao Imperialismo ateniense e isso traz uma revolta de alguma cidades como Esparta que forma a liga do Peloponeso.

4 4) Qual a importância do Tratado de Susa para os gregos?

Resposta – Foi um Tratado entre os persas egregos, onde os persas reconheciam o domínio dos gregos no Mar Egeu e comprometiam-se não mais atacar.

4  5) O que foi a batalha de Queroneia, explique.
Resposta – Foi uma batalha entre os Gregos  e  os Macedônios, onde os Macedônios dominam toda a Grécia.


Importante assistir aos vídeos e rever os slides sobre a Grécia Antiga no Blog,

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

7ª série 2014 - Atividades de Revisão Prova

1 - Complete a ficha abaixo sobre as lutas populares no Brasil Colonial.


Conjuração Mineira
Revolta dos Alfaiates
Revolução Pernambucana
MOTIVO
LIBERTAR O BRASIL DE PORTUGAL



INFLUÊNCIA

REVOLUÇÃO FRANCESA
LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE.

02 CAUSAS






ALTOS IMPOSTOS E CONTROLE PORTUGÊS SOBRE O COMERCIO VAREJISTA.
02 OBJETIVOS

A INSTALAÇÃO DA REPÚBLICA E O FIM DA ESCRAVIDÃO.



PRINCIPAIS
LÍDERES



DOMINGOS JOSÉ MARTIM (CARMELITA), MIGUEL JOAQUIM DE CASTRO E O CAPITÃO DOMINGOS TEOTÔNIO JORGE.

Resposta da Tabela


Conjuração Mineira
Revolta dos Alfaiates
Revolução Pernambucana

MOTIVO

SEPARATISTA LIBERTAR O BRASIL DE PORTUGAL


EMANCIPACIONISTA E MUDANÇAS SOCIAS E POLÍTICAS NA SOCIEDADE

EMANCIPACIONISTA INSATISFAÇÃO COM O GOVERNO DE D. JOÃO. 

INFLUÊNCIA

ILUMINISMO E INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS
REVOLUÇÃO FRANCESA
LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE.

ILUMINISMO
02 CAUSAS


Exploração política e econômica de Portugal e o Derrama (Imposto 100 arrobas de ouro anuais).




Insatisfação popular com o elevado preço cobrado nos alimentos e o domínio de Portugal sobre o Brasil.

ALTOS IMPOSTOS E CONTROLE PORTUGÊS SOBRE O COMERCIO VAREJISTA.
02 OBJETIVOS


A INSTALAÇÃO DA REPÚBLICA E A IMPLANTAÇÃO DAS MANUFATURAS, UNIVERSIDADE DE VILA RICA E A CASA DA MOEDA.


O FIM DO PACTO COLONIAL, INSTALAÇÃO DA REPÚBLICA E O FIM DA ESCRAVIDÃO.

LIBERDADE RELIGIOSA, LIBERDADE DE IMPRENSA E O FIM DO DOMÍNIO PORTUGUÊS.
PRINCIPAIS
LÍDERES


TOMÁS ANTONIO GONZAGA, CLAUDIO MANUEL DA COSTA, INÁCIO ALVARENGA PEIXOTO, O PADRE OLIVEIRA ROLIM, JOAQUIM SILVÉRIO DOS REIS E JOAQUIM JOSÉ DA SILVA XAVIER (Tiradentes)

O MÉDICO CIPRIANO BARATA E O PADRE AGOSTINHO GOMES.
DOMINGOS JOSÉ MARTIM (CARMELITA), MIGUEL JOAQUIM DE CASTRO E O CAPITÃO DOMINGOS TEOTÔNIO JORGE.


2 – PODEMOS AFIRMAR QUE A REVOLUÇÃO DO PORTO, POSSUI UM CARÁTER LIBERAL E CONSERVADOR? JUSTIFIQUE A SUA RESPOSTA. 

Resposta - SIM, POSSUIA UM CARÁTER LIBERAL, POIS TENTAVAM CONTER O PODER ABSOLUTISTA DE D. JOÃO VI E CONSERVADOR, POIS QUERIAM CONSERVAR O BRASIL COLÔNIA DE PORTUGAL E A RELIGIÃO CATÓLICA COMO OFÍCIAL.

3 – CITE, QUAL FOI A PRIMEIRA MEDIDA TOMADA POR D. JOÃO ASSIM QUE CHEGOU AS TERRAS BRASILEIRAS E DE QUE MANEIRA ESSA MEDIDA BENEFICIOU O BRASIL.


Resposta - ABERTURA DOS PORTOS AS NAÇÕES AMIGAS, QUE COLOCAVA O BRASIL COMO REINO UNIDO DE PORTUGAL E ALGARVES E NÃO MAIS COLÔNIA, POIS AGORA ELE PODERIA COMERCIAR COM VÁRIAS NAÇÕES, INCLUSIVE A INGLATERRA.

4 – DESTAQUE CINCO REALIZAÇÕES FEITAS POR D. JOÃO VI NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO.


Resposta - Ele modernizou o espaço urbano carioca, com a criação do Jardim Botânico, a fundação da Biblioteca Nacional e o estabelecimento do Banco do Brasil, Teatro Real, Museu Nacional foram algumas das ações que integraram esse projeto.


5 – DE QUE MANEIRA O TRATADO DE COMERCIO E NAVEGAÇÃO DE 1810, BENEFICIOU O BRASIL E A INGLATERRA. 


Resposta - O Brasil pode utilizar produtos industrializados e de boa qualidade, porém muitas mercadorias eram desnecessárias (carteiras para notas e no Brasil só usávamos moedas), sendo assim, a Inglaterra se fortaleceu ainda mais com essas vendas, pois os seus produtos inundavam as prateleiras das lojas brasileiras por causa do privilégio alfandegário.


6 – É CORRETO AFIRMAR QUE A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL, FOI PACÍFICA E NÃO TEVE PARTICIPAÇÃO POPULAR? JUSTIFIQUE A SUA RESPOSTA. 


Resposta - NÃO, POIS NÓS TIVEMOS CONFLITOS INTERNOS E ISOLADOS NAS PROVÍNCIAS A FAVOR DA INDEPENDÊNCIA ANTES DE 1822.


7 – ALGUNS PAÍSES COMO OS ESTADOS UNIDOS, PORTUGAL E INGLATERRA, SÓ RECONHECERAM A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL ALGUNS ANOS DEPOIS. EXPLIQUE O QUE MOTIVOU CADA PAÍS A RECONHECER A NOSSA INDEPENDÊNCIA. 
ESTADOS UNIDOS 1824 – 
PORTUGAL 1825 - 
INGLATERRA – 1827 – 


Resposta - ESTADOS UNIDOS 1824 – DOUTRINA MONROE “AMÉRICA PARA OS AMERICANOS” A PARTIR DESTA DATA NENHUM PAÍS AMERICANO PODERIA SER COLONIZADO POR UM PAÍS EUROPEU. 

PORTUGAL 1825 – DOIS MILHÕES DE LIBRAS ESTERLINAS.

INGLATERRA – 1827 –
 A RENOVAÇÃO DO TRATADO DECOMERCIO E NAVEGAÇÃO POR MAIS 15 ANOS.

8 – IDENTIFIQUE AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CONSTITUIÇÃO DE 1824. 

Resposta - MONARQUIA HEREDITÁRIA, VOTO INDIRETO E CENSITÁRIO, O CATOLICISMO COMO RELIGIÃO OFÍCIAL, OS PRESIDENTES DAS PROVÍNCIAS SERIAM ESCOLHIDOS PELO PODER MODERADOR, O CARÁTER VITALÍCIO DO SENADO E A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ESTADO E OS 04 PODERES (EXECUTIVO, LEGISLATIVO, JUDICIARIO E MODERADOR).

9 – O QUE FREI CANECA QUERIA DIZER COM ESSA FRASE QUE MARCOU A CONFEDERAÇÃO DO EQUADOR: “O PODER MODERADOR É A CHAVE DA OPRESSÃO DA NAÇÃO BRASILEIRA”. JUSTIFIQUE A SUA RESPOSTA. 


Resposta - QUE O PODER MODERADOR IMPEDIA O DESENVOLVIMENTO DA NAÇÃO BRASILEIRA E CONSEQUENTEMENTE DO PAÍS.


10 – O QUE FOI A CONFEDERAÇÃO DO EQUADOR E QUAL O MOTIVO QUE LEVOU ALGUNS MEMBROS A ABANDONAREM O MOVIMENTO?


Resposta - MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO SEPARATISTA, QUE LEVOU OS ESTADOS CONFEDERADOS (ALAGOAS, PARAÍBA, RIO GRANDE DO NORTE E CEARÁ) A FORMAREM UMA JUNTA GOVERNATIVA CONTRA O GOVERNO ABSOLUTISTA DO IMPERADOR. E O QUE LEVOU O ABANDONO DE ALGUNS RICOS FAZENDEIROS, FOI A PROMESSA DO FIM DA ESCRAVIDÃO, PASSANDO PARA O LADO DO GOVERNO.


11 - CITE ALGUNS MOTIVOS QUE LEVARAM O DESGASTE DA FIGURA DO IMPERADOR, LEVANDO A SE TRONAR CADA VEZ MAIS IMPOPULAR?


O AUTORITARISMO DO IMPERADOR, A GUERRA DA CISPLATINA, A CRISE SUCESSÓRIA E A MORTE DE LIBERO BADARÓ (NOITE DAS GARRAFADAS).


12 - Sobre o período regencial destaque os 03 partidos políticos existentes naquela época e explique por quem eram formados e o que pretendiam cada um deles.
Restauradores burocracia portuguesa que desejavam  a volta do Imperador, Moderados Elite brasileira,eram" liberais" e apoiavam a Monarquia eram os  grandes proprietários de terras e os Exaltados ream fazendeiros das periferias sem poder político e eram Radicais e apoiavam a República.

13 – Destaque 02 diferenças entre a regência Una de Feijó e a Una de Araújo Lima.
Una de Feijó era à favor do ato Adicional e usava o diálogo (progressista) contra os rebeldes e já Araújo Lima era contra o Ato Adicional e era a favor do uso da força (Regressista) contra os rebeldes.

14 – A Guarda Nacional foi criada em 1831, pelo Padre Diogo Feijó. Explique qual foi o motivo que levou a criação dessa instituição.
Resposta - Essa instituição foi criada para manter a ordem interna, pois por muitas vezes os soldados eram enviados para conter os rebeldes e acabavam se aliando a eles, E com a Guarda Nacional isso não aconteceria mais, pois ela deveria atender aos interesses políticos da burguesia e Coronéis.

15 – O que pretendia o Ato Adicional de 1834 e por quem foi criado?
Dava mais aotonomia as províncias, queria o fim do poder moderador e que o Rio de Janeiro se torna-se território neutro e o voto direto e secreto e a substituição da Regência Trina para Una e foi criado por Diogo Feijó .

16 – Qual o verdadeiro motivo que levou a renúncia de Feijó?
Ele era minoria dentro do Congresso, sendo assim as suas exigências não eram atendidas, pois a oposição era muito forte.

17 – Quais as revoltas que aconteceram no período de Feijó e de Araújo Lima, explique cada uma das revoltas destacando o local e o que motivou o conflito.
Feijó - Cabanagem desigualdade social no Pará  e AM (palafitas), Farroupilhas no Rio Grande do Sul a concorrência do Charque e o preço do sal e Malês na Bahia conflito religioso e que preconceito se fez presente.
Araújo Lima - Sabinada na Bahia, odem queriam obrigar ao baianos a lutarem contra os farroupilhas e Balaiada no Maranhão, onde a concorrência com o algudão e a liderança de Negro Cosme e outros fazedores de balaios marcaram o movimento. 

18 – O que pretendia a lei interpretativa do ato adicional e por quem foi criada?
Anular o Ato Adicional e foi criado por Araújo Lima conservador.


19 – Com a morte de D. Pedro I como ficaram os partidos políticos da época, explique.
Partido portuguès se disfez, os Exaltados e Moderados disputão a eleição, vencendo os Moderados, que se dividem em dois Liberais progressistas e conservadores regressistas.

20 – Você concorda com a frase a seguir:
Politicamente os liberais e os conservadores possuíam muitas diferenças.
(   ) Concordo    (   ) Discordo, justifique corretamente a sua resposta.

Discordo, pois eram membros da Elite que pertencinham ao partido Moderador que ficou dividido em liberais e conservadores e  que ambos seriam farinha do mesmo saco, só queriam se benifeciar. 

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

6ª ano 5ª série do INSP 2014 - Roma Antiga parte 1

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Roma parte 1














6ª ano 5ª série do INSP 2014 - Grécia Antiga


Ver na parte de vídeos!
Ver em Vídeos





Grécia Antiga parte 1

Grécia Antiga parte 2

Mulheres de Atenas